MENU
PRODUTOS

Conheça a FEBRAEC - Instituição de Indicação de Negócios de Consultorias

Prêmio Melhores Práticas em Educação Corporativa

Confira as fotos e o vídeo completo da premiação da FEBRAEC.

Febraec para empresas

FEBRAEC para Empresas

Publicado segunda, 08 de agosto de 2016, às 19:05
Ferramentas da Qualidade

O desenvolvimento da qualidade dos produtos e serviços tem se mostrado, na atualidade, como fundamental para que as empresas obtenham vantagens competitivas no mercado. Cada vez mais, a preferência dos clientes se voltará para produtos de empresas que optaram por adequar-se aos novos paradigmas de administração dos negócios. Deste novo modelo podem-se destacar aspectos como:

  • Foco no atendimento às necessidades dos clientes;
  • Foco nos processos;
  • Abordagem sistêmica;
  • Trabalho em equipe;
  • Monitoramento constante do desempenho dos processos;
  • Adequação aos padrões internacionais de gestão (ISO 9000, ISO 14000, etc.).

A motivação para a melhoria da qualidade é decorrente da necessidade de prover maior valor e satisfação aos clientes. Todo membro de uma organização deve se conscientizar de que todos os processos podem ser executados com mais eficiência e eficácia.

O aumento da eficácia e da eficiência beneficia os clientes, a organização e seus membros e a sociedade como um todo. A melhoria continua da qualidade aumenta a capacidade dos membros da organização em contribuir, crescer e superar-se.

Nem sempre a tarefa de atingir e manter tais objetivos é simples, devido à variedade e complexidade dos elementos que estão presentes e devem ser considerados. Exige um compromisso intenso no sentido o aprimoramento constante da competência profissional.

Torna-se necessário, portanto, sustentar esse esforço com técnicas que possam facilitar a análise e o processo de tomada e decisão.

Neste ambiente se enquadram as como meio de facilitar o trabalho daqueles que são responsáveis pela condução de um processo de planejamento ou análise e solução de problemas, visando a Qualidade. Esses responsáveis pela Qualidade, segundo a visão moderna, são todos os integrantes da organização.

Neste sentido, vale lembrar que essas técnicas devem ser assimiladas e utilizadas por todos. Isto significa que seu uso não se restringe apenas à área e produção. Exigem, portanto, o treinamento do pessoal das áreas de planejamento, engenharia, vendas, compras, assistência técnica, etc....

É importante ressaltar que as a despeito da simplicidade de algumas, têm os seguintes objetivos:

  • Facilitar a visualização e entendimento dos problemas;
  • Sintetizar o conhecimento e as conclusões;
  • Desenvolver a criatividade;
  • Permitir o conhecimento do processo;
  • Fornecer elementos para o monitoramento dos processos;
  • Permitir a melhoria dos processos.

As Ferramentas da Qualidade são:

  • 7 Ferramentas Estatísticas para o controle da Qualidade;
  • 7 Ferramentas Gerenciais;
  • Ferramentas Auxiliares.

O número sete é provavelmente uma alusão às tradições japonesas, ao lembrar as sete armas dos samurais. No entanto, na pratica, esse número não deve ser fator limitante da criatividade.

Não existe a capaz de solucionar todos os problemas. Caberá a cada profissional a arte de combiná-las, reunindo tantas ferramentas quantas forem necessárias ao desenvolvimento de um projeto especifico, criando novas abordagens e possibilidades.

“Se a única ferramenta que possuímos é um martelo, é surpreendente o número de coisas que começam a se parecer com um prego”.

As ferramentas são técnicas de controle da qualidade utilizados como meio eficaz de análise e controle, contribuindo significativamente com a melhoria da qualidade.

Durante os anos 80 havia um desequilíbrio no treinamento relativo a ferramentas e metodologias.

Era dada muita ênfase às ferramentas estatísticas com prejuízo às ferramentas gerenciais. Esse desequilíbrio foi corrigido ainda nos anos 90.

Ambos os tipos de ferramentas são necessários, e em geral nenhuma individualmente é suficiente.

O campo de atuação das técnicas das ferramentas da qualidade são atividades de controle da Qualidade no âmbito total da empresa.

Os resultados decorrentes do uso das ferramentas têm demonstrado que elas são mais eficazes quando utilizadas genericamente por toda a empresa, desde os gerentes até os membros de círculos de

Publicado por Renato Bottini
Compartilhe esta página em suas redes sociais