MENU
PRODUTOS

Conheça a FEBRAEC - Instituição de Indicação de Negócios de Consultorias

Prêmio Melhores Práticas em Educação Corporativa

Confira as fotos e o vídeo completo da premiação da FEBRAEC.

Febraec para empresas

FEBRAEC para Empresas

Publicado segunda, 08 de agosto de 2016, às 18:39
Minha Nada Doce Vida de Consultor – Parte I

Vender, vender e vender.

E para começar falando exatamente desta nossa nada doce vida de consultor, só mesmo iniciando falando sobre o que mais gostamos de fazer. Quando optamos em desenvolver a nossa carreira em consultoria, invariavelmente somos estimulados a desenvolver as atividades que prezamos ou estudamos. Isto é um fator primordial e que só nos faz melhores consultores com o passar do tempo.

Ocorre que ao nos decidirmos empreendermos pelo ramo da consultoria, naturalmente temos que adquirir também outras competências. Não menos importante do que a gestão de projetos, ou a administração de um negócio, estão postos as demandas comerciais. Até por que não há negócio sustentável sem clientes pagando.

E aqui talvez esteja um desafio hercúleo para muitos consultores. Pois é fato que a paixão pelo que fazemos nos faz aplicados consultores. Porem pedir que todos nós consigamos também dedicar, ainda que seja uma pequena parte desta paixão, para algo chamado Vendas, muitas vezes é algo quase impossível.

Este é um ponto muito crítico entre as empresas de consultoria. Afinal de que vale um projeto empresarial que não consegue se sustentar? Infelizmente este desafio das vendas é uma preocupação de todas as horas. E não há como supera-lo, pois ele intrinsicamente é derivado do projeto empreendedor original. Afinal, não há consultoria sem clientes.

E daí, o que fazer? Naturalmente a resposta é um tanto simples: aprender a vender! Algo muitas vezes impensável para muitos que possuem dedicação de uma vida a áreas eminentemente técnicas, ainda assim não há escapatória. Até por que ninguém vai “comprar” o seu trabalho se não te conhece, se você não conseguir fazer uma apresentação, se você não consegue ser encontrado na Web ou no Linkedin. Além é claro se você não conseguir preparar uma proposta, precifica-la ou negocia-la.

Tudo isto é parte de um enorme processo que envolve a sua estratégia de posicionamento e competências para atrair clientes interessados. Estimulando-os a interagir com você e que ao final deste primeiro round, se sintam desejosos de mais, a ponto de te pedirem uma nova apresentação ou finalmente uma proposta.

Portanto a opção de realizar Vendas não esta sob judice. Ela é pré-requisito do seu projeto empresarial de consultoria. E deve merecer tanta atenção quanto à paixão que você possui para as áreas de competências que em sua vida te levaram a optar por esta nobre profissão.

Para finalizar e deixar a todos uma palavra de estímulo. Sempre é bom lembrar que o que lhes fez optar em serem consultores é também a oportunidade de exercitarem a sua inteligência. Portanto não há do que duvidar da sua capacidade em também superar este desafio. E se ainda assim achar que está difícil, não titubeie, contrate um consultor de vendas para te ajudar. Afinal que melhor conselho você poderia receber do que de um especialista na área?

Publicado por Eduardo Faddul
Compartilhe esta página em suas redes sociais